23 Fev Pêlos no rosto?!? Dermatologista responde a assuntos de estética e saúde

 “Tenho 38 anos e desde os 25 tenho pêlos grossos e pretos no queixo e no pescoço. Já fiz 13 sessões de  depilação a laser, mas parece que em mim não esta a resultar . Funciona por um tempo, mas passando uns dois anos da depilação os pêlos voltam ,menos mais fracos mas voltam sempre . E então faço um novo tratamento a laser. Será que em algumas pessoas a depilação a laser  não é tão definitiva assim? É  correto as técnicas de laser raparem-me com Gillette o rosto ?”
Patrícia

Patrícia, você deve examinar algumas possibilidades que podem provocar a volta dos pêlos. São elas:
1.  Alterações hormonais. A presença de pêlos no queixo e pescoço ou rosto  de uma mulher pode ser reflexo de alguma alteração hormonal, isso é um procedimento que deve ser visto pelo médico. O laser elimina os  pêlos que estão incomodando, mas a alteração hormonal provoca o crescimento de novos pêlos . Se esse for o seu caso, além do tratamento a laser, o problema hormonal também deve ser tratado. Em relação ao Rapar  com Gillette os pêlos não é um procedimento correto além de estar a estimular a lanugem circundante no rosto, deve procurar alternativa com uma extracção de cera laser ,cera laser, com entreva-los de 20 dias .

Existem diversos tipos de pêlos que, em épocas diferentes, recobrem o corpo humano:  (pêlo que cobre o feto, e desaparece após o nascimento); vêlus (pêlo que substitui a lanugem após o nascimento e que também pode ser encontrado nas faces femininas ou nas áreas de calvície em homens) e o pêlo terminal (pêlo mais comprido, mais grosso e pigmentado, encontrado nas Axilas, Púbis, Pernas, Sobrancelhas, Cílios, Barba, Bigode e Cabelos). Entre todas as regiões que possuem pelos terminais (podem ser depiladas), a Axila , Virilha e Pernas são as mais solicitadas por mulheres e a região do tórax e abdômen por homens.

2. Pele híper–sensível a hormônios masculinos. Existe a possibilidade de não haver alteração nas taxas hormonais, mas de a pele ser hiper-sensível a hormônios masculinos presentes no organismo de toda mulher. Nesse caso, a mulher tem tendência a pele oleosa, espinhas e crescimento de pêlos no rosto (buço,queixo, pescoço). Os pêlos são eliminados na depilação a laser, mas também aqui a pele continua a desenvolver pêlos novos. Por isso, além do tratamento a laser, deve ser feito um tratamento para resolver o problema de hipersensibilidade da pele aos hormônios, e esse tratamento varia caso a caso. Uma opção é a pílula anticoncepcional, que contrabalança a ação dos hormônios masculinos, responsáveis pelos incómodos da pele. Á também a possibilidade de ter um problema de glândulas da tiroide ou o Síndrome de  Ovário Poliquistico.

Mesmo em circunstâncias normais, os pêlos podem voltar em pequena quantidade alguns anos depois da depilação a laser. Então, duas ou três sessões de manutenção são suficientes para acabar com eles.



Share This